Domingo, 24 de Setembro de 2017






Economia

12/09/2017

25 anos depois, Planauto volta aos antigos gestores




O processo de liquidação extrajudicial da Planauto Administradora de Consórcios Ltda., decretada em 16 de janeiro de 1992 pelo Banco Central (BC), teve um desfecho surpreendente. Mais de 25 anos depois, os antigos controladores conseguiram reassumir o controle da empresa sem que se tenha decretada a sua falência, fato raro em liquidações desta natureza.

O fim da liquidação extrajudicial aconteceu no dia 17 de agosto, após acordo entre os representantes da empresa, cuja sede fica em Gramado, e o Banco Central. Ao longo do processo liquidatório, a Planauto restituiu mais de R$ 97 milhões aos consorciados. Os seus controladores, no entanto, mantém ações indenizatórias contra o BC por entender que a liquidação ocorreu a partir de cálculos equivocados e que “o ato administrativo é nulo, de pleno direito, por apresentar afronta direta aos princípios constitucionais da administração pública e pelo simples fato de que a empresa sempre foi superavitária".

Quando a liquidação foi decretada, a Planauto contava com 8 mil consorciados. Ao longo de 20 anos até o início de 1992, a empresa teve mais de 30 mil clientes.


(Foto: Miron Neto)






ENVIE SUA MENSAGEM
Preencha todos os campos abaixo:









* seu e-mail não será exibido nos comentários.

NENHUM COMENTÁRIO

Nenhum comentário para esta notícia


Mais Notícias de Economia

































Acompanhe: